Felipe Fagundes

Encenador graduado no curso de Licenciatura em Educação Artística – Habilitação em Artes Cênicas pela UFRN e mestre em Artes Cênicas pela mesma instituição, onde desenvolveu pesquisas acadêmicas sobre procedimentos de criação no teatro performativo. Trabalha também como professor de Artes do ensino fundamental ao médio, em instituições privadas e públicas. Foi um dos produtores de duas edições do Circuito Regional de Performance BodeArte (2011,2012). É um dos fundadores da Sociedade T desempenhando as funções de encenador e assistente de encenação em diferentes obras que compõem o repertório do grupo.

Heloísa Sousa

Encenadora e diretora de arte nascida em Natal (RN), graduada no curso de Licenciatura em Teatro pela UFRN e mestre em Artes Cênicas pela mesma instituição. Possui pesquisas acadêmicas publicadas sobre a criação de figurinos e de visualidades para a cena contemporânea. Trabalhou como professora de Arte do ensino infantil ao superior e escreve periodicamente criticas de teatro, dança e performance para o site Farofa Crítica. Esteve na organização do Festival “O Mundo Inteiro é um Palco” (2017, 2018).  É uma das fundadoras da Sociedade T desempenhando as funções de diretora de arte, figurinista e encenadora em diferentes obras que compõem o repertório do grupo.

Moisés Ferreira

Ator e preparador corporal nascido em Campina Grande (PB) e graduado no curso de Licenciatura em Teatro pela UFRN. É membro fundador da Sociedade T, tendo desempenhado as funções de atuação, preparação corporal e direção em diferentes obras que compõem o repertório do grupo. Mantém pesquisas em treinamento físico e no método do Pilates em suas conduções como preparador corporal. Ministrou os workshops “As potencialidades do corpo cênico na (des)construção da ação dançada” e “Treinamento físico para o ator”. Também realiza demonstrações técnicas com base em suas pesquisas em teatro físico.

Pablo Vieira

Ator, poeta, performador e produtor cultural graduado no curso de Licenciatura em Teatro pela UFRN e mestrando em Artes Cênicas pela mesma instituição. Participou de diversas oficinas de formação, entre elas: “Produção e gestão nos grupos de teatro” com Leonardo Lessa (Galpão Cine Horto/MG), “Estratégias de circulação nacional” com Marcelo Bones (Teatro Andante/MG) e “Diálogos em produção” (LUME/Unicamp). Esteve na organização do Festival “O Mundo Inteiro É Um Palco” (2016, 2017) e do Burburinho Festival de Artes (2017, 2018). Atualmente é integrante da Sociedade T desempenhando as funções de produtor cultural e ator em diferentes obras que compõem o repertório do grupo.

André Chacon

Fotógrafo e publicitário com graduação em andamento no curso de Publicidade e Propaganda pela UFRN. Atua na área de produção cultural em fotografia e audiovisual, além de ser analista de redes sociais. Iniciou uma parceria artística com a Sociedade T em 2015, realizando o registro fotográfico e em vídeo da obra “Sem Sal, Sem Açúcar” (2016). Atualmente é membro integrante do grupo desempenhando as funções de fotógrafo, performador e publicitário.

Priscila Araújo

Iluminadora cênica com graduação em andamento no curso de Licenciatura em Teatro pela UFRN, onde realiza pesquisas na área da tecnologia cênica com ênfase em iluminação, além de ter sido pesquisadora do PIBID/Teatro. Atualmente trabalha como iluminadora e técnica de iluminação em Natal (RN) atuando efetivamente na Sociedade T e no grupo Cores Teatro.

Joana Knobbe

Musicista, preparadora vocal e intérprete graduada no curso de Tecnologia em Design de Produtos pelo IFSC e mestranda em Música pela UFPE, na linha de pesquisa “Música, cultura e sociedade”. Iniciou uma parceria artística com a Sociedade T em 2014, trabalhando como preparadora vocal e intérprete na obra “Pode ser que seja…” (2015) e seguiu nesta parceria nas obras subsequentes até 2017. Em 2016, ministrou oficina “V@Z|adouro de contradições” durante o Festival “O Mundo Inteiro é um Palco” (2016) idealizado pelo grupo de teatro Clowns de Shakespeare. Desde 2018, é membro integrante do grupo desempenhando as funções de preparadora vocal, intérprete e compositora de trilha sonora.

Mariana Batista

Artista da dança graduada no curso de Dança (Bacharelado e Licenciatura) pela FAP, especialista em Arte Contemporânea – Arte, Teoria e História pela Universidade Tuiuti do Paraná e mestre em Dança pela UFBA. Fez parte do UM – Núcleo de Pesquisa em Dança da FAP, da BATTON – Organização de Dança, um coletivo de artistas em Curitiba, da Cia. de Dança Staycee Pearl Dance Project (EUA), do PIP – Pesquisa em Dança (PR) e da Cia. de Dança Chameckilerner (BRA/EUA). Iniciou uma parceria artística com a Sociedade T em 2017, onde trabalhou como intérprete na obra “Tratados de Mim Mesma na Infertilidade” (2017) e desde 2018 é uma das integrantes do grupo desempenhando as funções de intérprete e preparadora corporal.